sábado, 14 de abril de 2018

sobre ti *

O melhor do amor não é a conquista da intimidade. Não é o conhecimento do corpo de quem está connosco, a confiança, a amizade ou a possibilidade de falarmos através do silêncio. Não é a grandeza de perdoar sem ficar qualquer ferida. Não é sequer a convicção de que será mesmo para sempre. O melhor do amor é partilhar o que nos toca, lermos as passagens do que nos emociona, passearmos, cheirarmos o cheiros, vermos os filmes, peças de teatro, séries de televisão, chorarmos as lágrimas, termos sonhos, sabermos que não há rigorosamente ninguém com quem gostássemos mais de almoçar, conversar, dormir, estar. O melhor do amor é a certeza de que alguém nos salvará da loucura de nos transformarmos num eco.
Luís Osório, in "Amor


* meu amor maior

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Sobre hoje ( e para todos os dias)


Ser como a raiz desta árvore e não esquecer as vezes que tive de perfurar o cimento para sobreviver de pé. 

Continuar a repetir para mim mesma todos os dias: não quero ter mais, quero ser mais.



quarta-feira, 11 de abril de 2018

Sobre ti *

As jornadas não se conquistam todas de uma vez. E quando chegares ao fim de um caminho, outro se apresentará mais à frente. É preciso estar atento, ter coragem para enfrentar o desconhecido e nunca (nunca, nunca) deixar de caminhar! Todos os caminhos são diferentes minha #mariacatita mas, e por isso mesmo, ao caminhares é importante que nunca deixes de cuidar de tudo aquilo que é (verdadeira e absolutamente) essencial. Que não te poupes em tudo o que mereces, que não deixes por mãos alheias tudo o que é teu de direito e que te recordes - sempre - que a vida só se dá a quem também se sabe dar ♥️ Lembra-te "Mesmo que a rota da minha vida me conduza a uma só e simples estrela, nem por isso me sinto dispensado de percorrer todos os caminhos do mundo." José Saramago


Sobre a semana passada

Esta foi uma semana de largar um bocadinho as redes sociais, de abandonar os telemóveis, de conversar (ainda) mais, de partilhar tudo, de dividir tarefas, de aprender e testar limites e caminhar em comunhão com a Natureza. 

No Caminho cada dia tem a sua rotina e é sempre preciso planear a etapa seguinte e ajustar alguns pormenores. Cada um é responsável pela sua mochila, por deixar tudo limpo e arrumado e transportar tudo o que é seu. Aqui, cada um tem o seu lugar e não deve invadir o espaço alheio. Caminharmos juntos tem muito sobre respeitar silêncios, ritmos de caminhada e estados de humor. Caminhamos juntos mas somos seres individuais, e é esse respeito pela nossa individualidade que torna o grupo unido e coeso, disponível para ajudar o outro. Somos companheiros de viagem e embarcámos juntos nesta grande aventura.





terça-feira, 10 de abril de 2018

Pelos caminhos de Santiago

É costume pensarmos muito - talvez demasiado- em tudo o que achamos que nos falta acrescentar às nossas vidas. Devíamos fazer talvez o exercício ao contrário. Devíamos talvez pensar nas coisas de que podíamos abdicar, em tudo o que facilmente poderíamos dispensar como uma prática de sincero desapego - e estarmos bem ainda assim. 
É como destralhar a nossa mochila e ir tirando tudo o que está a mais, que pesa e não nos faz falta no Caminho. Como uma metáfora de vida e um deixar ir com a corrente, libertando-nos das amarras que nos prendem a ninharias e coisas sem importância para depois percebermos que é na essência que está em nós e naquilo que já possuímos que mora o essencial de tudo aquilo que precisamos. 















domingo, 18 de março de 2018

* Mais uma etapa

16 anos. Finalista. E o meu coração na incredulidade de como é que isto passou tão rápido. 16 anos. Tão simples, tão fáceis e ao mesmo tempo de uma intensidade e exigência tal que, muitas vezes me questionei (e questiono), se estava à altura.
16 anos e finalista. E esse sorriso sereno como o teu coração e essa paz que transmites e que é o reflexo do modo como vives a tua vida. Talvez por isso seja muito fácil falar de ti e muito fácil gostar de ti. Talvez por isso eu aprenda mais contigo do que tu comigo e eu tenha muito, mas muito agradecer-te por teres tornado simples e fáceis estes últimos 16 anos da minha vida. Que sejas sempre assim e acima de tudo feliz ♥️






sexta-feira, 16 de março de 2018

Nos dias em que as notícias que recebemos não são as mais desejadas resta-nos respirar fundo, aceitar e seguir em frente. Não é fácil e custa muito mas, com o tempo, e em tudo aquilo que não depende de mim, aprendi a aceitar, a entregar e a confiar que a vida sabe sempre o que faz e porque o faz. Às vezes demoramos a compreender as razões por detrás das nossas perdas, desanimamos, vamos abaixo, e é normal que assim seja mas, depois é preciso reagir, levantar a cabeça, desligar o nosso sabotador interno e ir em frente.    Como em vários outros momentos ao longo da minha vida prefiro acreditar que tendo a consciência de que fiz a minha parte , agora, é deixar que o tempo, o universo e Deus, façam também a sua. 






sexta-feira, 9 de março de 2018

"O que torna (ou transforma) um professor num bom professor?" - esta é, talvez a pergunta que mais me fazem, não sei se pelos anos de ensino que já tenho se pela relação  que estabeleço com os meus alunos, a verdade é que é raro haver um almoço ou jantar entre amigos que o tema e a pergunta não surja. Costumo responder à pergunta com outra pergunta ou simplesmente remetê-la para o emissor "o que achas tu, que é preciso para se ser um bom professor?", ou "o que significa, na verdade, isso de ser bom professor?"

São inúmeras as opiniões, os adjetivos, as considerações. Todos nos lembramos de um professor que na adolescência nos marcou pela positiva e evidentemente de outro que nos marcou pela negativa; há sempre os que nos deixaram saudades, os que nunca mais vimos, os que gostaríamos de reencontrar e aqueles a quem, por diversas razões, não queremos voltar a pôr a vista em cima. Indo ao centro da questão somos todos unânimes ao afirmar que o "melhor professor" que já tivemos foi sem dúvida aquele que "dominava" o que ensinava, que era criativo e empenhado, que tornava a disciplina aliciante e interessante, aquele que era justo, que nos tratava com equidade mais do que com igualdade, aquele que sendo assertivo e confiante não era arrogante, aquele que jamais prejudicou um aluno só porque tinha pouca empatia com ele ou que favoreceu outro sem merecimento, aquele que sem ser rude ou agressivo sabia manter a aula unida e coesa e que, na mesma medida, sabia ser generoso sem perder a firmeza.

Conheço alguns assim. Uma minoria. São os resistentes. Os ainda apaixonados pelo que fazem e que encaram a educação como uma missão. Aqueles que gostam verdadeiramente de ser professores, que valorizam os seus alunos e têm orgulho da sua profissão. Professores que promovem a educação emocional dos seus alunos, que são inspiradores e se inspiram nos seus alunos para dar todos os dias o seu melhor. 

São esses que me motivam e inspiram diariamente a dar o melhor de mim. É nesses que confio e em quem ainda acredito quando assisto a injustiças, a boicotes e ao alterar de certas regras "só" para beneficiar uns alunos em detrimento de outros. É uma tristeza quando alguns professores não conseguem separar o lado profissional do lado pessoal e saem por aí beneficiando uns e prejudicando outros em função dos seus humores... é uma tristeza quando para alguns professores a ética e os valores são apenas "palavras".


  Resultado de imagem para best teacher quotes













quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

**

Uma filha doente, trabalho acumulado, resmas de papel para ler, janeiro quase no fim e uma vida inteira para passar a limpo.
Pelo caminho têm ficado os livros que queria ler, os passeios que me apetecia dar e a energia que desejava ter (é só a mim que o inverno deixa num total estado de "letargia"??)




domingo, 31 de dezembro de 2017


ser transparente na minha fé e inspirar-me muito no lado bom da vida. ser consistente em tudo o que dou e ser sempre grata em tudo o que recebo. fazer silêncio no meu coração e não dar resposta ao que é só ruído. respirar fundo e acreditar que tenho em mim força suficiente para seguir em frente e – acima de tudo - para continuar a sentir que não falho nem na minha verdade nem na humildade dos passos que dou.




No último dia do ano SEJA LUZ ❥


 

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

H O M E


Quando tudo se resume a uma taça quente de papas de aveia ...




(imagem yellowish)


sábado, 18 de novembro de 2017

Sobre G R A T I D Ã O

“A gratidão desbloqueia a plenitude da vida. Ela transforma o que temos em suficiente e mais. Ela transforma negação em aceitação, caos em ordem, confusão em clareza. Ela pode transformar uma refeição em um banquete, uma casa em um lar, um estranho em um amigo.” ~Melody Beattie




A flower being passed romantically from hand to hand